Meu nome é Roniely Araújo, sou aluno da ESCOLA DE PROFETAS da EPF em Osasco.
No dia 13/03/16 recebí a 
incumbência de apresentar uma palestra sobre o Secularismo e o Islamismo.  


O Secularismo é uma forma 
usada para atrair as pessoas, no entanto de forma errada, pois neste caso o que importa é o resultado, independente se estão ou não falando do Evangelho de Cristo, o nosso Salvador. O Secularismo vem  tentando destruir a Igreja, pelo lado de dentro (internamente), através de seus ensinos, que dão mais valor ao natural, do que para o sobrenatural.
Já no caso do Islamismo, é uma religião que tenta impedir o crescimento do Cristianismo, pois não acreditam que Jesus é o Filho de Deus e o nosso Salvador, eles dizem que Jesus foi apenas um profeta, e não aceitam sua divindade.

Abaixo você verá um pequeno resumo sobre estes  assuntos.

SECULARISMO

O secularismo é o inverso de espiritualidade bíblica na vida do crente, é uma forma sutil, capciosa, ardilosa, 
disfarçada, de corrupção na Igreja, e tende a profanação do sagrado, exaltando os valares humanos e os materiais, e desprezando os valores espirituais.

Em resumo, o Secularismo é uma cosmovisão e um estilo de vida, que se inclina para o profano, mais do que para o sagrado, mais para o natural do que para o sobrenatural.


ALGUNS SINAIS DO SECULARISMO NA IGREJA

1.RACIONALISMO: A razão como autoridade máxima determinante.

2.RELATIVISMO: Tudo é relativo, inclusive a verdade, nada é absoluto.

3.NARCISISMO: Cultiva o amor excessivo a si mesmo.

4.HEDONISMO: Fazer tudo que proporcione prazer. O que faz sentir bem.

5.MATERIALISMO: Tudo está voltado para o benefício próprio. Os bens materiais em primeiro lugar.

6.INDIVIDUALISMO: “ Eu sou o dono do meu nariz”.  O “eu” no centro da vida.

                     

ISLAMISMO


O islamismo é um sistema religioso fundado no início do século 7  por um homem chamado Maomé.

Maomé afirmou ter recebido uma visita do anjo Gabriel, e segundo ele, nesta visita, o anjo aparentemente revelou a Maomé as palavras de Alá(Deus). Essas revelações ditadas pelo anjo, formam o que hoje conhecemos por Corão, ou Alcorão, o livro sagrado do Islamismo.

ISLÃ: Significa “submissão”

MULÇUMANO: Significa “aquele que se submete a Alá”.


Assim como o Cristianismo, o Islamismo é 
monoteísta (acreditam em um único Deus). Também acreditam no último dia de julgamento, e na vida futura (paraíso e inferno), mas apesar de ter algumas características semelhantes com o Cristianismo, também tem diferenças bem significantes, que estão citadas abaixo.

- Crêm em predestinação;
- Não aceitam que Jesus morreu na cruz;
- Dizem que Jesus era apenas um profeta, não o  Filho de Deus;
- Não entendem porque Alá (Deus), permitiria que  seu profeta Isa (Jesus), sofresse uma morte torturante.

OBS: Eles não aceitam o fato da morte de Jesus, mas ensinam os seus seguidores a amarrarem bombas em seu corpo, e se explodirem, matando todos a sua volta (homens bombas), sendo que Jesus morreu para salvar a humanidade, não matou ninguém, e ainda ressuscitou dentre os mortos, enquanto estes homens-bomba, infelizmente permanecem mortos.